fone 0800 772 8445   (11) 4527-3444
 
01-abril-dia-da-mentira

Sábados, domingos e segundas-feiras serão dias de descanso.

Período comercial iniciará às terças-feiras. Entramos na brincadeira de 1º de abril para chamar sua atenção e lançar uma pergunta: você sabe por que essa data é considerada o dia da mentira?

Hoje é o dia da Mentira, ocasião que permite considerar uma mentirinha saudável (que depois deve ser desmentida) como brincadeira entre crianças e adultos.

Mas como e onde surgiu essa tradição? Bem, para responder a isso, trazemos algumas possíveis explicações encontradas no site tudorbrasil.com, de onde transcrevemos o que segue.
Em 1708, um correspondente escreveu para a revista britânica, Apollo, fazendo a seguinte pergunta: “De onde procede o costume do dia da mentira?” […] De acordo com os historiadores culturais, o quebra-cabeça sobre a tradição do Dia da Mentira teve início durante o século XVIII, ou pelo menos foi durante ele que detalhadas referências ao dia (e curiosidades sobre a tradição) começaram a aparecer. No entanto, naquela época o costume já estava bem estabelecido em todo o norte da Europa e foi considerado como sendo muito antigo. […] As referências ao Dia da Mentira podem ser encontradas já por volta do ano de 1500. No entanto, estas referências iniciais foram pouco frequentes e tendiam a ser vagas e ambíguas. […] Muitas teorias foram apresentadas sobre como a tradição começou. Infelizmente, nenhuma delas é muito atraente. Assim, a origem do “costume do Dia da Mentira” permanece sendo um mistério para nós tanto quanto era por volta de 1708.

A teoria da mudança do Calendário

[…] Em 1564 a França reformou o seu calendário, mudando o início do ano do final de março, para o dia 1 de janeiro. Aqueles que não conseguiam aceitar e se acostumar com a mudança, permanecendo teimosamente agarrados ao antigo sistema de calendário e continuando a celebrar o Ano Novo durante a última semana do terceiro mês (25 de Março até 1 de Abril) seriam alvos [de] piadas e peças. Outras pessoas poderiam jocosamente colar desenhos de peixes de papel em suas costas. As vítimas desta brincadeira, eram assim chamadas de “os peixes de abril” – que, até hoje, continua a ser o termo francês para o Dia da Mentira – e assim a tradição nasceu.

1632: A Fuga do Duque de Lorraine
Segundo a lenda, o Duque de Lorraine e sua esposa foram presos em Nantes. Eles escaparam em 01 de abril de 1632, disfarçando-se como camponeses e caminharam através da porta da frente. Alguém notou e disse aos guardas. No entanto, os guardas acreditavam que o aviso era uma “poisson d’avril” (ou pegadinha do Dia da Mentira) e apenas riram para eles, permitindo assim que o Duque e sua esposa escapassem. Não se sabe se qualquer parte desta lenda é verdadeira.

A Saturnalia
A Saturnália era um festival de inverno romano que ocorria no final de dezembro.
Tratava-se de dançar, beber e festejar. As pessoas trocavam presentes, os escravos eram autorizados a fingir que governavam seus mestres, e havia um rei de mentira e o famoso Senhor da Desordem, que reinava durante o dia. Até o século IV d.c. a Saturnália tinha transformado-se em uma celebração do Dia de Ano Novo em 01 de janeiro, e muitas de suas tradições foram incorporadas às festas de Natal.

Essas são apenas algumas explicações possíveis para o tradicional Dia da Mentira. Você pode ler o artigo completo no site https://tudorbrasil.com/2016/04/03/a-origem-dodia-da-mentira-1o-de-abril/.

DEIXE UM COMENTÁRIO

*

*